Páginas

24 janeiro, 2014

Ah! De que vale o auto-conhecimento
me tranco em mim, em muros de cimento
o ego desvanecido por tuas palavras
sendo eu, igual a tantos outros caras.
prosa proferida em lâmina fria
não corta pele, mas vicia...

1 comentários:

Paola Villa disse...

Rafael, você tem um lado leminskiano que me encanta. Como o Paulo, você sabe unir o erudito com a simples linguagem, abrir novos caminhos, pintar aquarelas e alguns pontos de interrogação. Enfim, é um prazer aparecer nesse seu canto poético-filosófico todos os dias.

Se cuide, moço. E parabéns.

Postar um comentário

 
 
Copyright © Navios Naufragados
Blogger Theme by BloggerThemes Design by Diovo.com