Páginas

29 julho, 2014

Singular

assim foi e assim sempre será
re-crio-te, como bem quero
te quero, como bem és

lembrança que abraça
e passa...
instante que clamo
não amo.
sinto
algo

[...]

quero não estar errado,
e nem certo.

1 comentários:

incerto certo disse...

de assuntos desviados


vens como fluxo dopante
de uma memória involuntária
tão invadida que se recria

não entendo minha (i)mobilidade
que se faz de ambiguidade
sob poesias escondidas
de identidades ultrajadas
agora palavras jogadas
com desdobramentos tortos
desejos incompletos
olhares e toques que não se fundem
desencontros e fatigas ilusórias
irreal toque que não se faz transgredir

(a)mar heterónimo

Postar um comentário

 
 
Copyright © Navios Naufragados
Blogger Theme by BloggerThemes Design by Diovo.com