Páginas

02 dezembro, 2012

Esta não é uma poesia triste


Sai de casa
apenas por sai
andei sem direção
e me perdi

ah, como é bom estar aqui
sem saber dizer onde estou
com estranhos ao redor,
sem lembrar do que restou
ela trancou
dentro
de mim
o que
jamais
amou.

Só para me envenenar a cada dia
sofrer em cada despedida.

E aquela velha praça
hoje me leva a desgraça
meu amor, isso não tem graça
ela sorriu
fingiu
que nem
me viu.

e eu finjo que me importo
em parecer alguém melhor
do que tu jamais admitiste

Esta não é uma poesia triste.

0 comentários:

Postar um comentário

 
 
Copyright © Navios Naufragados
Blogger Theme by BloggerThemes Design by Diovo.com